domingo, 30 de janeiro de 2011

Fora de si





Ela para e olha para si. Vê o quanto sua alma precisa engrandecer. Percebe sua pequenez. Seus pensamentos vão se expandindo e ao seu redor vozes sussurram em seu ouvido levando sua mente ao delírio. Com os olhos encharcados, a boca ressecada de tanto proferir palavras hipócritas, os ouvidos podres que já não aguentavam mais o fardo daquelas vozes torturantes. Suas mãos parecem que foram feitas em prol de obras malignas. Em pé, diante daquela imensa escuridão, descalça, em meio aquela chuva tenebrosa, só era possível sentir o pesar de sua consciência. Segredos que não conseguia contar e não suportava-os. Via as pessoas e achavam-nas todas iguais. Achou que mudando sua conduta ia se diferenciar dos demais seres viventes. Mas, percebera agora, que se deixara influenciar pelas vozes que ouvia, sem saber de onde vinha. Só sabia que ela as criara tendo um forte domínio sobre elas. Pensava que nascera para o mal, e porque pensava, assim ela era. Perguntava-se porque pensava dessa maneira, mas de certa forma ela não era assim. Era somente algo que a controlava, e a deixava fora de si. Era a culpa, aterrisando em sua mente.

14 comentários:

  1. Dilemas de nossa geração!
    Estamos despeçados e espalhamos nossos cacos pela internet...
    ´Tenho um carinho especial por estes post onde se vê um sinceridade, às vezes dolorida, porém verdadeira...
    .
    Último post: Resenha crítica do filme "Os Imperdoáveis"
    .
    http://sublimeirrealidade.blogspot.com/2011/01/os-imperdoaveis.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Pri, muito legal teu blog, com uns textos bem cativantes e bem escritos. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. http://comentariosobrelivros.blogspot.com/30 de janeiro de 2011 15:34

    Parabéns pelas postagens. Visite meu blog, e comente também

    http://comentariosobrelivros.blogspot.com/

    Ao visitar o meu blog não deixe de clicar no Banner: Doe aqui para as vítimas das enchentes, você não vai pagar nada por clicar no anuncio e vai ter a oportunidade de conhecer o trabalho do grupo Arautos do Evangelho. Aí sim, se você quiser doar o grupo te passará a informação de como proceder.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  4. nossa pri esse texto é lindo meu tocou de verdade , sabe gostei do teu blog vou comentar todos os dias!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, todos os textos que li aqui eu sempre gostei. Acho que vc poderia desenvolver mais as suas idéias e fazer uns textos mais completos, mas assim já tá muito bom também!
    Parabens!

    ResponderExcluir
  6. Oi querida, jah to te seguindo!
    beijoosss

    ResponderExcluir
  7. Muuuuuuito lindo o blog e o conteúdo tbm *-*
    Parabéns gatinha ^^

    ResponderExcluir
  8. Muito verdadeiro, me identifiquei.
    Retribuindo visita, estou te seguindo tbm
    Um beijo.


    http://blackbluedot.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Um texto verdadeiro que nos remete a essa angústia narrada. Muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Bem legal o texto, e nos encaminha a uma boa reflexão sobre a vida e sobre nós mesmos.

    abraço,
    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, gostei muito do seu blog, é parecido com o meu =D
    Parabéns, lindo!
    Se quiser dar uma visitinha no meu:
    http://www.oespacodaleitura.blogspot.com/
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Mata de orgulho essa meninaaaa
    adoroocêÊÊ!!!
    ♥♥
    Yayá

    ResponderExcluir
  13. ain que lindo ameiii o blog,lindo o texte também muito expressivo,seguindo aqui blogueira
    passa lá no meu
    http://progressocontinuo-progressocontinuo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. gosteiii
    te seguindo
    me segue também!

    http://wwwparedescolloridas.blogspot.com/
    http://meumundopinknaotaoperfeitoassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir